Emagrecendo para a Vida!: Cirurgia Bariátrica e a Vesícula

Cirurgia Bariátrica e a Vesícula


Bom dia!!!

Hoje venho falar com vocês sobre a relação da cirurgia bariátrica e a vesícula.O que uma tem em realçao a outra. Pois bem, é certo que que quase 99,9999% daqueles que fazem a redução de estomago desenvolvam pedras na vesícula caso ainda a tenham, isso se deve ao consumo em grande quantidade de polivitamineos principalmente e uma dieta pobre.






Em setembro do ano passado tive a minha primeira crise (cólica) de vesícula, fiz uma ultrassonografia e a minha vesícula apareceu atrofiada e inflamada, a cirurgiã me falou que não precisaria de cirurgia naquele momento, me pediu para evitar alguns alimentos e tomar buscopan/dipirona caso viesse a ter dores novamente.

Desde quinta-feira 29/12 venho tendo crises frequentes de cólica, a dor se dá logo após a refeição, uma dor muito forte na parte superior do abdome atingindo as costas, acompanhada de náuseas. Esta dor persiste por cerca de 30 a 50 minutos. Eu me contorço, choro, grito, deito no chão e nada dela passar mesmo com a medicação. Já marquei uma ultrassom e estou tentado marcar a consulta o mais rápido.

O que comi e que pode ter feito mal: pedaço de pão francês, mussarela, carne de porco, leite etc.

Amanhã tenho consulta com a nutri, rever meu cardápio e dar inicio ao desafio.

Então, se você pretende fazer a cirurgia bariátrica já fique ciente desta informação e de que possivelmente deverá passar por outra cirurgia em um curto espaço de tempo.

Dores e delicias de ser bariatricado!
Beijos














5 comentários:

  1. Oi Ananda! Pois é, a vesícula e a bariátrica estão mesmo "de mãos dadas", rs. Eu fiz a bariátrica em janeiro de 2015 e apenas quatro meses depois (em maio do mesmo ano) já fiz a cirurgia para a retirada da vesícula. Não cheguei a ter dores porque na primeira ultrassom após a bari já deu as pedrinhas na vesícula e meu médico decidiu operar logo para que eu não viesse a ter problemas futuros. Segundo ele, se retirasse apenas as pedras, em seis meses iria ter mais pedras porque o próprio emagrecimento rápido é o que causa isso. Então fiz a retirada e foi bem tranquilo, muito menos sofrido do que a bari. E vivo bem desde então, apenas tenho episódios de dor de barriga (o médico havia me alertado sobre isso); mas fora isso, a falta da vesícula não me trouxe nenhuma complicação, vivo bem, como de tudo, "grazadeus", rsrs. Enfim amiga, a bariátrica é uma bênção na nossa vida, mas assim como tudo, há os bônus e os ônus também né... vamos vivendo! ;)

    ResponderExcluir
  2. Nossa menina eu não sabia disso, desejo melhoras e que tudo ocorra da melhor forma possível, bjsss

    ResponderExcluir
  3. Oi Nanda! Recentemente fiz a cirurgia de retirada da vesícula. Fiquei surpresa em descobrir que esta estava cheia de cálculos. Sou vegetariana há quase 10 anos e, embora eu não tenha uma alimentação suuuuuper saudável, não acho que ela era super errada. Além disso, achei que isso não acontecia com pessoas com menos de 40... e eu tinha 23. Fui no médico pensando que fosse rim e intolerância à lactose (pois eu ficava bastante enjoada e muitas vezes vomitava e/ou tinha diarréia). Minha colega de trabalho (da mesma idade que eu) fez a bariátrica e retirou a vesícula e, ouvindo os meus sintomas, me disse: "isso é vesícula!". Fui no médico e foi comprovado que ela estava certa haha. O meu cirurgião (que, aliás, faz cirurgia de bariátrica também) disse isso mesmo, que quem faz essa cirurgia normalmente terá que retirar a vesícula em até 2 anos, pois terá complicações.

    ResponderExcluir
  4. Mas se precisar fazer a cirurgia, faça que a recuperação é rápida tabom não fique preocupada, só terá que seguir uma dieta e tudo dará certo.

    ResponderExcluir
  5. Nanda, melhoras com tua visicula, nao sabia dessa ligação da bariatrica e a visicula. Mas logo voce está melhor. Imagino que as colicas nao devam ser fáceis mesmo. Beijao Luce

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...