Emagrecendo para a Vida!: O início !

O início !

Boa tarde!!!!

Venho contar para vocês como se deu o início do processo da cirurgia.

Desde que entrei na empresa que trabalho com 125,7 kgs e leve alteração de pressão arterial (sempre foi 10x6 e começou a oscilar acima de 14) comecei a me incomodar mais ainda com meu peso, além de receber uma blusa (o maior tamanho que tinha) e mal me servir, outro fator é que lá eu era a mais gorda e para completar a maioria ( 97%) das mulheres magras, lindas e delicadas e eu toda desengonçada além de obesa.

Uma amiga de trabalho notou que eu me sentia incomodada e me ofereu ajuda, falando para eu recorrer ao plano de saúde da empresa e ver qual era o procedimento já que o plano não tinha carência.

Liguei no 0800, recebi algumas informações e e-mails com os formulários, no qual falava que eu teria que preenche-los e comprovar o acompanhamento da obesidade com endocrinologista e nutricionista além de outras exigencias. Logo desisti pois meu tratamento teve interrupções devido questões financeiras e eu não tinha como atender tudo que era exigido.

Deixei isso de lado e meio que “Desisti” e fui levando, até que em fevereiro/2015 comecei a passar muito mal com dor no peito, dores de cabeça, falta de ar etc e fui consultar um cardiologista que era um dos chefes da minha irmã, e na consulta eu estava com 128kgs , p.a 17x10, sem fôlego e muito stressada, anciosa. O médico me solicitou que fizesse Eletrocardiograma e o M.A.P.A ( Monitormento da Pressão Arterial durante 24hrs). Resultado : ECG alterado e o MAPA registrou que minha p.a oscilava entre 20x6 e 17x10 durante o dia inteiro inclusive dormindo.

A recomendação imediata do mesmo após ver meus exames foi a cirurgia, e me passou o contato da cirurgiã, porém a mesma só atende pela Unimed e paticular, então ele me passou outro contato, este do meu plano de saúde e dia 25 de Março 2015 fui em Belo Horizonte e fiz minha consulta na qual eu estava com 130 kgs.

Minha mãe foi comigo, a levei para ela ver como se dava o processo e ouvir da boca de um profissional estudado que a obesidade é uma DOENÇA e deve assim como todas outras ser tratada.
O médico me passou os procedimentos e me solicitou acompamento nutricional e psicologico por 5 meses. Desanimei na mesma hora, pois desde dezembro 2014 meu marido estava desempregado, sem seguro “desespero” e a crise já estava ai. Não tinha como eu fazer o que me solicitou então apertei um botão do FODA-SE e deixei as coisas fluirem e serem como que tinham que ser.

Foi aí que depois de vários problemas pessoais e financeiros me afundei, cada dia mais e mais, desesperei e cheguei ao fundo do poço. Sem dinheiro como eu iria fazer o tratamento e voltar ao médico???

Em julho de 2015 eu estava com lamentáveis 140 kgs. Andava me arrastando de tanta dor que sentia nos joelhos e pés, muita falta de ar, dores de cabeça (já tomava o remédio de pressão), menstruação irregular dentre outros.

Achei um vestido para ir no casamento da minha irmã 2 dias antes dela se casar. Fui em TODAS as lojas da cidade e não encontrei nadaaaa que me servia, até que uma boa alma conseguiu um vestido de aluguel nos acréscimos do segundo tempo.

Eu estava decidida a não ir ao casamento, além que não ter uma boa relação com o marido da minha irmã, eu queria evitar os deboches e questionamentos da família principalmente do meu pai em relação a meu peso, se era gordura ou gravidez.

Daí pra frente fui me isolando, não saia, tinha apenas uma legging e uma blusa que me serviam, nem meus calçados entravam mais no pé, de tão inchado. Meu uniforme estava um vexame, as calças de tão remendadas entre as coxas me machucavam, cheguei a garrar na catraca do onibus por diversas vezes, parei de passar por ela e simplesmente aceitar, aceitar tudo, humilhações e olhares tortos. Chegava em casa e me desesperava , caia no choro e pedia a Deus pra me levar embora. Por diversas vezes pensei em dar um fim na minha vida e quando eu já não via mais a bendita luz no fim do túnel eis que surge um FAROL BRILHANTE !!!!

EI VOCÊ AI, SUA CHANCE CHEGOU, VEM LOGO!!!!

Em Setembro/2015 meu marido foi chamado por uma empresa e logo fez o plano de saúde pra mim e a felicidade maior quando a carteirinha chegou : SEM CARÊNCIAS A CUMPRIR !!!

Chorei, gritei, berrei de tanta felicidade, não acreditavaaaaaaa.....
Tratei logo de marcar todas as consultas que eu tinha direito e no dia 05 de Outubro de 2015 comecei o processo para dar entrada na documentação da cirurgia e lembram lá no inicio da história da médica que somente atendia particular ou pela Unimed, então com ela que marquei minha consulta e ela que me operou. (me lembrem de contar um fato interessante depois).

Dia 05/10/15 fui à minha primeira consulta, e no dia 9/11/2015 eu já estava indo à minha última consulta e pegando meu último laudo, sendo dia 10/11/2015 meu retorno na cirurgiã. Dia 16/11/2015 finalmente recebi a guia de autorização da tão sonhada CIRURGIA BARIÁTRICA.

  • Comorbidades (doenças relacionadas a obesidade) detectadas:
    Hipertensão arterial;
    Gordura hepática leve;
    Asma crônica;
    Gastrite +refluxo

Dia 24/11 recebi uma mensagem da médica agendando minha cirurgia para o dia 30/11/2015 e solicitando minha presença no dia 26/11 ao consultório para as demais recomendações e assinatura do termo de responsabilidade.

E então chegou o tão sonhado dia 30/11/2015 !!!!

Me internei no Life Center – Belo Horizonte ás 06:28 hrs.

Dados: Peso no dia da internação : 137,100kgs
IMC : 45,28
Altura : 1,74 m

Vou parar por aqui hoje, tenho assunto para muitas outras postagens, este foi apenas o início desse novo capítulo da minha vida.

Não posso deixar de agradecer a todos que me ajudaram nesta jornada:
  • Alexsandra ( a amiga de trabalho que me deu o toque sobre o plano de saúde e me ajudou a nunca desistir de tudo e de mim);
  • Andreia, Michaelle, Camila, Débora, Pamela, Adriana, Tayara, Aninha, Karine, Sthefânia, Claudinho, Lilian, Carol, Márcio, Larissa e todas que me ajudaram e me acompaharam neste processo, desculpe de esqueci nome de alguém mas o agradecimento chega a todos;
  • Minha irmã que conseguiu a primeira consulta, os remédios e pela força;
  • Ludmila minha nutricionista que me acompanha a anos, sempre uma fofa e ótima profissional;
  • Ao Dr. Izulpério que me encaminhou para a cirurgia e se dispoz a me ajudar desde a primeira consulta;
  • Dr. Júnia, também me acompanha a anos, pela ajuda, dedicação e pela força;
  • A Daiane que ficou comigo no hospital, já que minha mãe estava com meu avô no hospital internado a meses e não poderia me acompanhar, excelente amiga, companhia adorável, sem palavras pra agredecê-la;
  • Ao meu marido pela paciencia nestes anos de sofrimento e pelo cuidado que teve e tem após a cirurgia;
  • Tia Berenice e marido pela ajuda de sempre e carona ao hospital;
  • A Dr. Soraya que desde o primeiro contato sempre demonstrou a excelente profissional, dedicada, atenciosa; a equipe médica e aos enfermeiros;
  • Minha mãe, por toda ajuda e paciencia durante o processo e durante a recuperação.

O último e não menos importante DEUS !!!! Obrigada !!!

Espero não ter esquecido de ninguém rs, de qualquer forma meu muito obrigada a todos !!!!!!

Alguns registros:


primeiro dia após a cirurgia

pulseira de internação

nunca deixei de sorrir






Desculpem pelo tamanho do texto e olha que foi um resumo rs.

Beijos e até a próxima!

2 comentários:

  1. Oi, parabéns por ter sido forte e ter tomado essa decisão. Estou passando quase pelos mesmo problemas não com a pressão mais as dores no corpo, a falta de ar, a vontade de ficar em casa e não falar com ninguém, choro a toa, vivo aborrecida. Que Deus guie sempre. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Estou adorando conhecer o passo a passo desse processo, assim com detalhes é muito diferente daquilo que imaginamos.

    Penso que toda essa demora em poder concretizar as etapas também foi importante para você mesma ir se aclimatando com a ideia!

    Beijos e estou esperando o restante da saga (além da receitinha do muffin de espinafre, viu?)!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...